sexta-feira, 23 de outubro de 2009

O GOVERNO DIZ QUE TUDO VAI BEM... MAS...


Leitos escassos
Os leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) estão diminuindo na rede particular de hospitais, que passaram a dar prioridade para os planos de saúde. O levantamento foi feito entre os anos de 1995 e 2007, período em que as internações pelo SUS caíram de 68,8% para 55%, de acordo com dados do Ministério da Saúde. O motivo, segundo pesquisadores ouvidos pela Folha (para assinantes): o governo paga mal. Em Pernambuco, quatro hospitais particulares especializados em cirurgia ortopédica
deixaram de atender pelo SUS neste ano. Com 400 leitos a menos, os hospitais públicos ficaram abarrotados. Para o ministério, a redução de leitos não é um problema, e sim uma tendência mundial. Segundo Alberto Beltrame, secretário nacional de Atenção à Saúde, os hospitais passam a fazer procedimentos de maior complexidade, dispensando a internação dos casos mais simples. Além disso, segundo ele, outro fator que influencia a diminuição das internações é o trabalho de prevenção de doenças. A Folha (para assinantes) informa que, dos 190 milhões de brasileiros, apenas 40 milhões possuem plano de saúde.

(Fonte: O Filtro)